Capitão Cracker

Origem
Desconhecida

Grupo
Piratas-robôs

Intérprete/dublador
Mário Monjardim

Características
Um renegado robótico implacável, o Capitão Cracker, o pirata do espaço, é um inimigo jurado dos ThunderCats e do sua parceira, Mandora, a Caçadora do Mal. Um vilão em todos os sentidos da palavra, Cracker se deleita em saquear e infligir crueldade a seus inimigos e, como tal, se destacou como o flagelo do espaço. Um criminoso procurado que navega entre as estrelas em sua nave, o Jolly Rogers, Cracker sempre se mostra uma ameaça sempre que ele encontra os ThunderCats ou seus amigos.

Aparência
O Capitão Cracker é um velho pirata robótico e capitão dos Jolly Rogers. Ele é dono de um papagaio robótico que geralmente fica em seu ombro.

Arma
Cutelo

Pontos fortes: Capitão Cracker é um lutador feroz e igualmente implacável e malvado. Ele não vai pensar duas vezes antes de atacar suas vítimas. Ele também é capaz de inventar esquemas complexos e nem sempre age por instinto.

Fraqueza: Como a maioria dos vilões, Cracker é um covarde e uma vez que lhe são roubadas suas armas, ele escolhe bater em retirada apressadamente. Também o fato de que ele não é fisicamente muito forte e tem uma perna de pau, coloca-o em desvantagem no combate físico.

Histórico
Um renegado robótico implacável, o Capitão Cracker, o pirata baseado no espaço, é um inimigo declarado da Força Espacial e dos ThunderCats. Um vilão em todos os sentidos da palavra, Cracker, como tal, se destacou como o flagelo do espaço.

Em “Mandora e os Piratas”, ele invadiu o Grande Planeta Penal Cinza para liberar um contingente criminoso para ajudá-lo a tomar o espaço. Ele foi parado graças às forças compostas de Lion-O, Mandora e Mãozinha.

Cracker foi então enviado para a Ilha do Exílio. Depois de algum tempo, ele conheceu os Lunataks e se juntou a eles para escapar, apenas para ser frustrado por Lion-O novamente.

Cracker escapou de um transporte da prisão e foi libertar seus amigos Lunatak, a fim de obter ajuda para transformar o Terceiro Mundo em um paraíso pirata. Depois de sua busca, ele foi colocado sob a custódia do Capitão Bragg e foi enviado para o exílio para ficar em banimento eterno com os Lunatacks e os Mutantes de Plun-Darr.

Aparições
  23. Mandora e os piratas
100. Ilha do Exílio
122. Vingança do Cracker

Texto de Luciano Marzocca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *