Thundera

 Thundera é o mundo natal dos thunderianos. Antes de sua destruição, havia uma paz tão grande, que os nativos nem precisavam se preocupar em se proteger de ataques ou dos elementos naturais.

Thundera foi destruída no começo da série. Mumm-Ra, mais tarde, se teleportou para onde Thundera existira e a restaurou. Agora, o planeta é habitado pelos ThunderCats e por outros thunderianos sobreviventes. No episódio “All that Glitters”, Panthro menciona que o ouro originalmente não existia em Thundera. Isso pode indicar que a crosta de Thundera é peculiarmente pobre em elementos pesados. No entanto, como os ThunderCats foram capazes de criar uma civilização de alta tecnologia, obviamente, eles estão familiarizados com prata ou platina (sem a qual é quase impossível imaginar o desenvolvimento da química avançada).

Apesar da paz desfrutada pelos nativos, Thundera também tinha espécies perigosas, como aranhas gigantes que atacavam qualquer um. Tinha 12 grandes mares em sua superfície, e no céu pairava aparentemente mais do que uma lua, conhecimento baseado na interjeição “pelas luas de Thundera!”. Os antigos thunderianos não vieram originalmente de Thundera; houve uma grande migração que levou ao assentamento no planeta séculos atrás.

Thunderacity, a capital, era uma cidade acima do resto do planeta Thundera, uma cidade nas nuvens.

A destruição de Thundera foi o resultado da Espada de Plun-Darr ter sido lançada no cânion mais profundo da superfície do planeta por Jaga. Caiu no núcleo derretido de Thundera e, com suas tentativas de escapar de volta a Mumm-Ra, causou as erupções em massa que obliteraram o planeta. Contudo, a própria espada sobreviveu.

Texto extraído de thundercats.wikia.com, com ampliação e versão de Luciano Marzocca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *