1. Êxodo

Escrito por Leonard Starr

Sinopse oficial
Além de qualquer galáxia conhecida, trazendo consigo as leis e os ideais do seu planeta condenado, Thundera, vêm os Thundercats. Jaga, o sábioTygra, o invisívelCheetara, a rápidaWilykat e Wilikit, a jovem dupla astuta;  Panthro, o mortal e Snarf. Os nobres conhecidos como ThunderCats juraram servir seu jovem Senhor, Lion-O, e instruí-lo nos segredos do Olho de Thundera, embutido no punho da Espada Justiceira dos Presságios. O Olho de Thundera é a fonte dos poderes dos ThunderCats.

Perseguindo os ThunderCats até o Terceiro Mundo, determinados a possuir o “Olho” para seus próprios propósitos malignos, vêm os hediondos mutantes do planeta Plun-Darr, Simiano e Chacal, liderados pelo réptil Escamoso. Eles formarão, em breve, uma aliança profana com o sacerdote do mal, o eternamente vivo  Mumm-Ra. que, curiosamente, ainda não aparece nesse primeiro episódio..

Moral pelo Dr. Robert Kuisis
A ordem social é mantida pelo respeito às leis e ideais de uma comunidade. O dever de Lion-O e dos ThunderCats, como previsto por Jaga, é o respeito rigoroso ao Código de Thundera: viver uma vida baseada na justiça, verdade, honra e lealdade. Justiça é a qualidade de tratar todos os seres com equidade. A verdade é ser coerente com a realidade e os fatos. Honra é a integridade e um senso de conduta ética. E lealdade é ser fiel aos próprios ideais e pares. Além disso, ser responsável pelo Código significa combater o mal, sob qualquer forma e lugar onde ele apareça.

O desenvolvimento de padrões morais e uma consciência madura ocorre a partir da infância para a adolescência e a idade adulta progressivamente. A progressão é através de três níveis. No primeiro nível, a pessoa é sensível aos rótulos de certo e errado, ou em termos de recompensa e punições como consequências de ação em termos de força física das figuras de autoridade.

No segundo nível, as expectativas de outras pessoas da comunidade são consideradas valiosas e ações dizem respeito às expectativas em termos da sua conformidade com a ordem social e manutenção. Finalmente, os valores morais são definidos como válidos autonomamente além da autoridade dos grupos ou identificação de uma pessoa com grupos (Kohlberg, 1970).

Kohlberg, L. (1970). desenvolvimento moral e a educação dos adolescentes. Em R. F. Prunell (Ed.), Adolescência e alta escola americana. New York: Holt, Reinhart & Winston, Inc.

Comentário oficial
“Está terminado, Jaga”. A primeira linha do que viria a se tornar um conto épico de bem vs. mal, o episódio de estreia de ThunderCats! Uma das coisas mais interessantes a serem observados sobre “Êxodo” é que, uma vez que os ThunderCats se tornaria mais conhecidos como um show emocionante, de aventuras cheias de ação, a série começa da maneira mais sombria que se possa imaginar  —  uma cena silenciada com a nave-capitânea de Thundera fugindo da morte d próprio planeta, uma ruína fumegante. A nave espacial se destaca brilhantemnte contra o perigo, embora nenhuma explicação imediata sobre porquê Thundera está prestes a ser destruída é dada. O público não se importa. Em vez disso, a audiência está ansiosa para aprender mais sobre os ThunderCats, e, em particular, sbre o jovem Senhor Lion-O, um menino de sangue nobre, confrontado com a perda devastadora de seu planeta natal, e a percepção de que é seu dever crescer e liderar seu povo em uma nova era potencialmente assustadora.

Outra coisa que é especial sobre “Êxodo”, e, portanto, uma das coisas que torna a saga dos ThunderCats tão rica, é a situação enfrentada pelos ThunderCats. Ela não é de forma alguma atenuada para um programa infantil. No tempo de pouco mais de 20 minutos, o planeta natal dos ThunderCats é destruído, a frota Thunderiana é atacada, e assim, mais um punhado de sobreviventes de Thundera são eliminados. Jaga se sacrifica para orientar o destino dos ThunderCats, já que sua nave espacial está danificada, e os Thundercats, os últimos de sua espécie, devem encontrar um novo planeta potencialmente hostil para viver. Como eu disse, tudo em pouco mais de 20 minutos!

Tudo isso torna o tom de “Êxodo” um começo realmente sombrio e pessimista. E, no entanto, apesar de toda a tragédia se abater sobre eles, a genialidade desse episódio é que em nenhum momento essa impressão maligna domina. Todas as qualidades que se tornaria uma marca dos ThunderCats são evidentes neste episódio  — a ação e emoção, o espírito de nunca desistir, e acima de tudo, a ligação entre os próprios ThunderCats. Mesmo que não relacionados pelo sangue, ao longo do episódio todos os ThunderCats se olham, falam e interagem como uma família. Ao longo da série, estes sete indivíduos, os últimos sobreviventes da sua espécie, serão todos dependentes uns dos outros para sobreviverem, e essa proximidade é aparente mesmo neste primeiro episódio.

Tenho certeza que muitos fãs ThunderCats foram introduzidas para a série vendo “Êxodo”, um episódio de stand-alone, mostrado juntamente com “A Aliança Profana”, ou através da versão cinematográfica de “Êxodo” (lançado em um box somente nos Estados Unidos). No entanto, ele nunca desilude. Eu não acho que seria um exagero declará-la uma das melhores estréias de animação de todos os tempos. Sinta a magia, ouça o rugido — os ThunderCats estão soltos!

Curiosidades – Escrito por Chris (He-Fan)

  • ThunderCats começou em 1983, com o roteiro para este episódio a ser produzido em 1984, mas a série não foi ao ar até 23 de janeiro de 1985.
  • “Êxodo” foi transmitido inicialmente como parte de um piloto de longa-metragem, com este episódio e “A Aliança Profana”, cortados em conjunto para criar um especial de uma hora. Este especial seria ampliada ainda mais, para o que é comumente referido pelos fãs como o “filme” versão “Êxodo”. Isso foi lançado em home vídeo nos EUA, “Êxodo” e “A Aliança Profana” juntaram-se a versões editadas dos episódios “Berbils” e “Os escravos do Castelo Plun-Darr”, todos cortados em conjunto para criar um “filme”, ​​versão dos primeiros quatro episódios.
  • “Êxodo”, quando foi editado em conjunto com “A Aliança Profana”, ficou longo demais para um episódio de ThunderCats. Em virtude disso, a versão stand-alone do episódio têm cenas cortadas de sua apresentação original  —  entre eles estão as cenas de interação entre personagens, entre os ThunderCats e Mutantes, bem como uma declaração de Tygra de que o Olho de Thundera era um mito.
  • No roteiro original para este episódio, quando entregue novas armas e roupas aos ThunderCats, Jaga toma os itens de um cômodo de forma discreta e entrega de forma regular a cada ThunderCat. Na cena que foi ao ar, Jaga lança algo como “ondas” de sua mão e as roupas dos ThunderCats são misticamente colocada nos seus corpos. O conceito original, mostrando um armário contendo os  ‘vestuário e armamentos dos ThunderCats’ sobreviveu até a Marvel Comics adaptar este episódio # 1 dos primeiros na ThunderCats US, série em quadrinhos.
  • A questão levantada pelos fãs ThunderCats muitas vezes é por que Lion-O cresceu para o tamanho adulto em sua suspensão de cápsulas, enquanto os Thunderkittens não o fizeram. A série nunca forneceu uma explicação inequívoca para isso, mas existem muitas teorias, incluindo a sugestão de que Jaga “manipulou” a cápsula de Lion-O para garantir que atingisse a estatura adulta e liderasse os Thundercats ao chegar no Terceiro Mundo. A coisa mais próxima de uma explicação oficial foi dada pela Marvel Comics, na página de cartas da série de quadrinhos dos ThunderCats, que afirmou que a razão que o Thunderkittens não envelheceram é porque eles são gatos selvagens e, assim, naturalmente de pequena dimensão. Outra explicação aceita é a de quê a cápsula de Lion-O estava com defeito, por isso “suspendeu” seu crescimento ineficazmente.
  • A série ThunderCats foi criada pelo residente havaiano Tobin Wolf, creditado como Ted Wolf – um veterano da II Guerra Mundial, também um inventor de brinquedos e outros produtos, detentor de patentes de diversos artigos industriais.

Texto extraído de thundercats.org com tradução e adaptações de Luciano Marzocca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *